27.11.2017

Odontologia Equina

Entenda a importância do acompanhamento odontológico para seu animal – atleta ou não

Dando continuidade aos posts sobre bem-estar animal, uma área da veterinária que não pode deixar de ser explicada é a odontologia, que traz muitas curiosidades e pontos importantes para os criadores de cavalos e todos aqueles que querem saber mais sobre esse animal.

A primeira consulta com um veterinário especializado em odontologia equina é aconselhada por volta de 1 ano e meio ou no período de início da doma. Isso porque, caso o animal tenha o dente de lobo, é recomendado sua extração antes da doma, já que este pequeno dente fica em contato com a embocadura e, com a pressão do freio, pode causar muita dor e incômodo. Um primeiro contato do cavalo com o bridão ainda com o dente de lobo pode gerar um trauma difícil de ser superado, uma vez que o animal pode associar a cabeçada e a embocadura às dores na boca.

 

Fotos de antes e depois da extração do dente de lobo 

Mas além da extração do dente de lobo, é aconselhado que todo animal tenha um acompanhamento odontológico? Vamos falar sobre um dos procedimentos mais comuns dessa área. Quando os cavalos viviam apenas no pasto, e passavam várias horas do dia pastando, havia um desgaste natural dos dentes durante a mastigação do capim. Com uma mudança na cultura e forma de criar o animal – estabulagem e ração dosada durante o dia – os animais passam a desgastar menos os dentes de forma natural e, com isso, os dentes acabam criando “pontas”, desníveis que machucam a boca dos cavalos. Para evitar, é preciso fazer a odontoplastia, ou seja, um procedimento que consiste em desgastar essas pontas e irregularidades para que o animal volte a mastigar de forma harmônica que, além de dar mais conforto para o cavalo, evita a sobrecarga na articulação temporomandibular. Portanto, para animais que vivem estabulados este acompanhamento se torna muito necessário. Mas ainda que o cavalo viva somente no pasto, é interessante que tenha um acompanhamento odontológico para evitar outras patologias.


Nas fotos de antes e depois do procedimento de odontoplastia é possível ver como os dentes ficam nivelados 

 

Para animais atletas, o acompanhamento é de extrema importância. Para eles, além do bem-estar, dentes saudáveis significam maior rendimento nas provas. Isso porque o cavalo vai conseguir se alimentar melhor e treinar sem dores. Além, é claro, de competir mais focado e não apresentar um comportamento irritadiço.

Foto Compre Rural

 

Estrutura e denominações dos dentes dos cavalos. Na foto, ATM é a Articulação Temporomandibular

Os animais podem apresentar outras patologias como infecções ou diastemas, que ocorrem quando há espaço entre um dente e outro, onde os alimentos ficam acumulados e causam dor. Alguns sintomas podem ser observados quando o cavalo está com alguma anormalidade nos dentes. “Entre os principais sintomas está o emagrecimento do animal, muitas vezes porque o cavalo vai engolir a comida sem mastigar direito, por isso não absorve os nutrientes. Ou ele faz as “buchinhas”, ou seja, mastiga o capim, mas ao invés de engolir deixa cair no chão essa “buchinha” de capim. Além disso, o aumento do volume facial pode acontecer por conta de alguma inflamação ou infecção. O animal também pode estar balançando muito a cabeça ou apresentar sangramentos na boca”, alerta o veterinário especialista em odontologia, Dr. Abel Vieira.

 

O veterinário também conta que a procura por veterinários dentistas está cada vez maior, já que os proprietários e treinadores brasileiros estão vendo a importância do acompanhamento e comprovando os resultados: “estão tendo cada vez mais a consciência da importância deste tratamento odontológico”.

Fotos de Acervo Pessoal

 

Os procedimentos odontológicos são feitos com o animal sedado, para evitar dores e acidentes

No Brasil, para tratar dos dentes dos cavalos é preciso ser formado em Medicina Veterinária e, além disso, é desejável ter uma pós-graduação em odontologia equina. O valor da consulta para acompanhamento e odontoplastia, o desgaste das irregularidades dos dentes, costuma sair entre 300 e 500 reais. Mas os valores podem variar de acordo com o local de atendimento, a técnica e equipamentos utilizados nos procedimentos.

Confira mais posts da série e saiba mais sobre outras áreas de estudo da Medicina Veterinária que avançam todos os dias para oferecer mais bem-estar e saúde aos cavalos: Quiropraxia, Fisioterapia, Acupuntura, além da importância da Ferradura para os animais.