27.09.2016

Adestramento

Muito além da elegância, a mais clássica das modalidades equestres exige total sintonia do conjunto

Uma pista de areia, 20 x 60 metros, coberta ou não. Ao seu redor, letras que não dizem muita coisa para os que ainda estão conhecendo a modalidade e tendas que abrigam entre 3 e 5 juízes, um número que pode variar de acordo com a competição. Vamos falar de adestramento, um esporte em que o cavalo é o centro das atenções, em uma relação de total harmonia com o cavaleiro.

Nesta modalidade, o cavalo tem que ser visto como um todo, pois trabalha física, psicológica e tecnicamente. Segundo o Regulamento de Adestramento 2016, disponível no site da CBH: “O objetivo do Adestramento é o desenvolvimento do cavalo de modo a torná-lo um atleta feliz, através de uma educação harmoniosa. Em consequência, o cavalo se mostra calmo, elástico, descontraído e flexível, mas também, confiante, atento e impulsionado, realizando, assim, um perfeito entendimento com seu cavaleiro”  

Uma definição clara, mas que nem todo mundo vê quando acompanha uma prova de adestramento pela primeira vez. Os exercícios no adestramento são executados de forma muito sutil e, para quem não conhece o esporte, tudo parece bem fácil. “No adestramento a parceria entre cavalo e cavaleiro é realmente uma arte. Todos os movimentos são feitos de forma quase imperceptível. E essa relação, além de muito especial, é muito gratificante”, comenta Sandra Smith, Diretora de Adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e praticante da modalidade.

Mas, afinal, o que os cavaleiros fazem dentro da pista? Para cada prova é definida uma “reprise”, que pode ser entendida como a “coreografia”, os exercícios que os conjuntos terão que executar diante dos juízes. Existem Reprises Oficiais pré-estabelecidas a nível nacional e também aquelas sugeridas pela Federação Equestre Internacional (FEI).

 

O que significam as letras da pista?

As letras auxiliam os cavaleiros, pois dividem a pista em diagonais e ao meio, e são referências para que eles saibam o momento de executar cada exercício da Reprise

 

Quando o conjunto entra em pista para executar a reprise, os juízes atribuem graus de 0 a 10 para cada exercício e, ao final, é vencedor aquele que obtiver o maior percentual, resultado do somatório de graus atribuídos pelos árbitros.

 

As notas no adestramento são dadas em porcentagem, o que pode causar estranhamento para quem ainda está conhecendo a modalidade. Por exemplo, a nota da campeã olímpica na Rio 2016, a britânica Charlotte Dujardin, foi 93.857%. 

No Brasil, a modalidade é disputada em Categorias, divididas por idade; Séries, divididas de acordo com o nível de dificuldade da reprise que deverá ser executada pelos conjuntos; e Subséries, dependendo do regulamento de cada concurso.

Diferente do que acontece nos EUA e na Europa, em que a base da equitação é ensinada com o Adestramento e, posteriormente, o cavaleiro decide para qual modalidade vai seguir, no Brasil a grande maioria das escolas já começam conduzindo o iniciante para o Salto. Porém, de acordo com Sandra Smith, o Adestramento está em fase de crescimento no país:

“São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas e Brasília contam com ranking regionais consistentes e bem organizados. E o Brasil tem evoluído muito, principalmente no último ciclo olímpico, em que conseguimos classificar a equipe brasileira para as Olimpíadas pela primeira vez” 

- Sandra Smith, Diretora de Adestramento da CBH

Para quem deseja ingressar na modalidade, mas não possui cavalo, Sandra recomenda: “o ideal é procurar uma escola de equitação e dizer que quer começar no adestramento, no trabalho de plano”.  E, vale lembrar, que o Adestramento é a base para todos os outros esportes equestres, portanto, aprimorar as habilidades nessa modalidade será sempre algo positivo para os praticantes de outros esportes.

Quer conhecer o Adestramento de perto? Participe, visite e faça parte do Conjunto Festival Hípico. Um evento inédito organizado pela Chevaux e o Brasília Country Club, que busca reunir os apaixonados pelo mundo equestre em um só lugar. Durante os dias 21 e 23 de outubro, o evento vai receber provas de Enduro, Salto e Adestramento.